terça-feira, 21 de junho de 2011

Pequenos Titãs

Quando o assunto é computação móvel, podemos citar dois grandes pequenos titãs disputando espaço: tablets e netbooks. As diferenças entre esses dois tipos de gadgets a vai bem além do desempenho e das funcionalidades. Contudo, o que vai determinar a melhor opção para você será a sua necessidade. É importante lembrar, antes de mais nada, que existem muitas marcas e modelos de ambos gadgets e uma comparação definitiva seria algo quase impossível e que se tornaria ultrapassada na mesma velocidade em que você lê esta matéria

Dimensões e Usabilidade

Se espaço e peso não fosse um problema, você compraria um Notebook. A questão é que quanto menor, mais fácil de carregar. Netbooks possuem telas entre 7” e 11”, raramente seu peso ultrapassa 1,5 Kg e medem cerca de 3cm X 18cm X 25cm. Se você precisa escrever longos textos, sem dúvida a melhor opção é um netbook, pois seu teclado é ergonomicamente mais eficiente que um tablet.
Por outro lado, tablets possuem telas Full Touch Screen de até 10”, o que proporciona ao usuário experiências que um netbook não oferece. São consideravelmente mais leves e finos que netbooks, pesando entre 600 e 800g, com espessura que não ultrapassa 1,5cm. Apesar de possuir teclado virtual, a escrita não é o objetivo deste gadget.

Conectividade

Tanto netbooks, quanto tablets possuem um objetivo em comum: a conectividade. Em netbook é comum encontrarmos uma placa de rede Ethernet, um Modem Dial-Up, para conexão discada e placa Wireless, para rede sem fio. Alguns modelos de netbook vêm de fábrica com dispositivos 3G integrados.
Já os tablets possuem por padrão um modem 3G e algumas versões vem com dispositivos wi-fi integrados.

Armazenamento e Upgrade

Para reduzir tamanho e peso, netbooks não possuem disco rígido e sim disco SSD, que são dispositivos como uma memória RAM, porém, capazes de armazenar informações mesmo sem energia. O grande problema é a capacidade destes cartões, que normalmente não ultrapassam 320 Gb. Os tablets, por sua vez, perdem no quesito armazenamento, tanto quanto no quesito upgrade.
Seja qual for a sua escolha, esteja ciente que estes dispositivos não tem o objetivo de substituir os desktops, mas sim possibilitar aos usuários maior mobilidade, conectividade e por que não, oportunidades

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.