segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Microsoft Office 2010





Versão 2010 da famosa suíte de aplicativos para escritório Microsoft Office,com Microsoft Word, PowerPoint, Excel e Outlook


Dificilmente encontramos uma pessoa que já tenha lidado com um computador e ainda não conheça o Microsoft Office, o famoso pacote de aplicativos para escritórios que nos permite editar textos, planilhas eletrônicas, apresentações e ainda gerenciar contatos e e-mails.
O Microsoft Office 2010  foi oficialmente lançado e traz as novas versões dos já conceituados aplicativos Word, PowerPoint, OneNote, Excel e Outlook. As ferramentas trazem principalmente novos recursos para conferir uma melhor aparência aos documentos criados e melhorar a produtividade do usuário. 

Novidades

Os aplicativos do Office ganharam a capacidade de aplicar facilmente efeitos visuais em imagens, estilizar vídeos em apresentações e capturar a tela do computador aplicando-a diretamente nos aplicativos do pacote. Com isso, evitamos recorrer a aplicativos de terceiros.

O famoso menu Ribbon, gerador de polêmica na transição entre as versões 2003 e 2007, se manteve praticamente inalterado e agora pode ser utilizado também no Microsoft Outlook. Com o visual mantido, evitou-se os contratempos que teríamos para reaprender a utilizar os aplicativos.

Prós

  • Mantido o visual da versão 2007, realizadas apenas alterações para melhorar a visualização de suas funcionalidades;
  • Seus aplicativos permitem aplicar efeitos às imagens sem recorrer a um editor específico;
  • Realiza a captura de telas a partir de suas ferramentas, incorporando automaticamente a imagem obtida ao conteúdo do documento;
  • As planilhas do Excel agora permitem incorporar minigráficos individuais para cada célula, ampliando as possibilidades de análise;
  • É capaz de salvar arquivos em servidores por meio da Internet, associando-os às contas do Windows Live;
  • Inicializa os aplicativos com velocidade superior às versões 2007.

Contras

  • Requer cadastro e inserção de números seriais até mesmo para iniciar o período de testes;
  • Não fornece atalhos práticos para carregar os documentos armazenados online na conta da Windows Live;
  • Os novos recursos, mesmo depois de aplicados aos documentos, não podem ser aproveitados nas versões anteriores do Office, exigindo a troca das ferramentas;
  • Não vem com opção nativa para aplicar as barras de ferramentas clássicas, dificultando a migração de usuários que ainda utilizam a versão 2003 ou anterior.

Migrar ou não?

Para o usuário doméstico, o grande motivo para uma possível migração seria a facilidade de criar conteúdos com uma aparência melhor ou aproveitar planilhas com o novo recurso de minigráficos do Excel. Essas qualidades beneficiam principalmente aqueles que compartilham seus documentos.

As empresas, principalmente quando possuem o ambiente de servidores do SharePoint, tendem a se beneficiar também dos recursos que facilitam o compartilhamento dos documentos e a interação de seus colaboradores. Somente é preciso ter em vista que parte do conteúdo não será visualizado por versões anteriores.

Conclusões

A versão 2010 do Microsoft Office trouxe avanços importantes para facilitar o dia a dia de seus utilizadores na hora de gerar conteúdo visual, como apresentações com vídeos e imagens. Mesmo com as novidades, o pacote não inovou tanto quanto sua versão anterior, atingindo portanto a nota 8.5.

Fonte: superdownloads

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.