quarta-feira, 13 de junho de 2012

Paquera virtual: Facebook lança aplicativo para dar uma forcinha na conquista

Por :Bárbara Silveira
Reprodução / Facebook
Promessa de aplicativo é ajudar na melhora das relações afetivas de forma divertida
Promessa de aplicativo é ajudar na melhora das relações afetivas de forma divertida

Nesta terça-feira, 12, Dia dos Namorados, a rede social













O Facebook resolveu dar uma ajudinha na busca pela cara metade, a tampa da panela ou coisas do tipo. O site lançou nesta noite o aplicativo Amor a Toda Prova, onde homens e mulheres podem procurar a um amor através da internet. O aplicativo é um game 100% interativo direcionado  àqueles que querem obter informações, orientações e dicas valiosas para não errar na azaração.

Desenvolvido por uma empresa baiana, a Sinergia Games, o Amor A Toda Prova foi idealizado pela terapeuta comportamental e especialista em desenvolvimento pessoal e profissional, Cristhyane Ribeiro, que contou com a ajuda de quatro profissionais entre psicólogos e terapeutas para desenvolver o game. O projeto nasceu em Salvador e  foi financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapex), em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado e apoio do BNB e do BNDES como financiadores.

Quem acessa o  Amor a Toda Prova encontra três módulos que são equivalentes a cada “nível” no jogo: romance, sedução e paquera. Em cada módulo, os jogadores recebem orientações e dicas de conduta e comportamento para obter êxito em suas relações e conquistas amorosas. O game tem como ambientação histórias épicas de amor em dez lugares da mitologia, como Grécia, Egito, Japão, Brasil, África e outros.
Como uma viagem por vários países e histórias de amor do mundo, na Grécia o internauta vivencia o triângulo amoroso entre Zeus, Hera e Sêmele; no Egito, a rainha Cleópatra conduz a história e no Brasil, o game é ambientado em uma tribo indígena.
Neste primeiro dia de funcionamento, o Amor a Toda Prova já possuia 938 curtidores até às 18h, sendo a grande maioria de mulheres com idades entre 18 e 24 anos. De acordo com as informações do Facebook, o jogo é mais popular no Rio de Janeiro, cidade natal da maioria dos curtidores até o momento.
Game - Voltado exclusivamente para maiores de 18 anos, o  jogo não tem previsão de quanto tempo vai estar disponível na rede.  A idealizadora do projeto, a terapeuta comportamental e especialista em desenvolvimento pessoal e profissional, Cristhyane Ribeiro explica que o jogo é gratuito, mas também tem opções adicionais como Poder, Vida e Força que são pagas pelo participante.
Além dessas opções, o internauta também pode escolher ferramentas adicionais para turbinar o jogo, com preços que podem variar entre  R$0,50 e R$ 5, valores que são pagos através do cartão de crédito.
Para jogar, ela explica que o sistema é bem simples e não funciona a partir de um avatar, o chamado boneco online de cada jogador. “Basta curtir a página no perfil, aceitar o aplicativo no seu perfil e começar a jogar”, explica.

A idealizadora do projeto ressalta que, a cada mudança de fase, os jogadores vão ter surpresas . “Entre os módulos 'romance', 'sedução' e 'paquera', existem algumas surpresas. A idéia é aprender e receber respostas sobre relacionamentos afetivos de forma divertida e que leve ao autoconhecimento e desenvolvimento das relações”, explica a terapeuta.

A privacidade na hora da paquera também pode ser um atrativo para os mais tímidos. O game possui um sistema de segurança para preservar a identidade do jogador. “Através da política de privacidade do aplicativo, é possível autorizar o que é acessado no seu perfil da rede social”. detalha a idealizadora.
Ocultar a identidade para outro jogador, no entanto, não significa anonimato ilimitado. Por questão de segurança, a identidade dos jogadores podem ser acessadas pela justiça. Isso acontece porque o perfil com que o internauta acessa a página tem registrado os dados pessoais do jogador.

Perigo - O controle da idade dos participantes pode ser considerado um dos pontos fracos do jogo. Apesar de apenas maiores de idade poderem participar do game, o controle é ineficente. A entrada do participante no Amor a Toda Prova é avaliada a partir da idade que ele fornece ao realizar o cadastramento da sua conta no facebook, situação em que a idade pode ser facilmente modificada. Atualmente a idade mínima para criar uma conta na rede social é de 13 anos.
De acordo com uma pesquisa realizada pela revista norte americana Consumer Report publicada no ano de 2011, cerca de 20 milhões de usuários da rede social tem menos de 18 anos. Dentre eles, 7,5 milhões ainda não possuem 13 anos, a idade mínima exigida para a criação da conta.

A pesquisa constata ainda que cerca de 5 milhões de usuários do Facebook tem menos de 10 anos de idade. O que pode facilitar a ação de crimes praticados na internet contra crianças e adolescentes.
Relacionamento interpessoal – Este não é o primeiro game desenvolvido pela empresa para o Facebook. No Dia Internacional da Mulher, a Sinergia lançou o game Tempo das Deusas, aplicativo com proposta semelhante ao Amor a Toda Prova, mas que busca o desenvolvimento pessoal das jogadoras e não se limita aos relacionamentos afetivos.

De acordo com os fundadores do projeto, o game busca trazer, através da linguagem e da diversão, o auxilio para relacionamentos. “O conhecimento dos arquétipos dos relacionamentos vai auxiliar bastante no conhecimento e compreensão de si-mesmo e do outro. Assim o maior benefício para o jogador seria saber como proporcionar maior hamonia em seus relacionamentos afetivos, assim como familiares, profissionais etc”, conclui Cristhyane.
Fonte: Atarde online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.